A Toyota retorna às cinco estrelas e a Volkswagen acrescenta modelos de três e cinco estrelas
01.12.2022

A quinta edição de resultados do ano do Programa de Avaliação de Veículos Novos para América Latina e o Caribe, Latin NCAP, apresenta resultados encorajadores para o Toyota Corolla e o Volkswagen Novo Virtus e três estrelas para o Volkswagen Novo Polo.

O Toyota Corolla, produzido no Brasil, alcançou cinco estrelas. O Corolla, que oferece sete airbags e Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC) como equipamento padrão desde 2017, atingiu 83,31% em ocupante adulto, 91,84% em ocupante infantil, 59,72% em proteção para pedestres e usuários  vulneráveis das estradas e 81,57% em assistência à segurança. O modelo foi avaliado pela quinta vez por decisão voluntária do fabricante e o resultado é válido para todas as origens de produção.

A versão atual do Corolla foi avaliada em 2019 pelo Latin NCAP alcançando cinco estrelas para a proteção de ocupantes adultos e crianças sob o protocolo anterior. Naquela época, foram avaliadas as tecnologias de assistência à segurança, bem como a proteção de pedestres, com o objetivo de avaliar o Corolla sob o próximo e mais exigente protocolo. O modelo foi avaliado para impacto frontal, impacto lateral, impacto lateral de poste, chicotada cervical (whiplash), proteção de pedestres, frenagem autônoma de emergência (AEB) de cidade e alta velocidade, sistemas de suporte de pista (LDW, LKA e RED) e ESC.

O Volkswagen Novo Polo, produzido no Brasil, alcançou três estrelas. O Novo Polo com quatro airbags (dois frontais e dois laterais de cabeça/corpo) e ESC como equipamento padrão alcançou 73,21% em ocupante adulto, 71,33% em ocupante infantil, 51,41% em proteção de pedestres e usuários vulneráveis das estradas e 58,14% em assistência à segurança. O modelo foi testado em impacto frontal, impacto lateral, impacto lateral de poste, chicotada cervical (whiplash), proteção de pedestres e ESC. A falta de disponibilidade das tecnologias ADAS e dos airbags de cortina limitou principalmente o modelo a alcançar uma melhor classificação. O modelo foi avaliado por decisão voluntária do fabricante.

O Volkswagen Novo Virtus, produzido na Índia, alcançou cinco estrelas. O Novo Virtus com seis airbags e ESC como equipamento padrão atingiu 92,35% em ocupante adulto, 91,84% em ocupante infantil, 53,09% em proteção de pedestres e usuários vulneráveis das estradas e 84,98% em assistência à segurança. O modelo foi testado para impacto frontal, impacto lateral, impacto lateral de poste, chicotada cervical (whiplash), proteção de pedestres, AEB de cidade e alta velocidade e ESC. O modelo foi testado por decisão voluntária do fabricante.

O Latin NCAP avalia a versão mais básica de equipamentos de segurança passiva dos modelos e recomenda aos consumidores a compra das versões equipadas com tecnologias ADAS testadas e de bom desempenho.

Alejandro Furas, Secretário Geral do Latin NCAP, disse:

“A Toyota e a Volkswagen estão mais uma vez mostrando seu compromisso com veículos mais seguros na região. Embora o desempenho de três estrelas do Novo Polo signifique que é um veículo razoavelmente seguro, o Latin NCAP acredita que um modelo tão popular deve visar cinco estrelas, especialmente através da substituição dos airbags laterais de cabeça e tórax por airbags de cortina e airbags laterais para o corpo e a incorporação de tecnologias ADAS. O Latin NCAP incentiva esses fabricantes, assim como todos os outros fabricantes, a incluir os modelos mais populares na classificação de cinco estrelas. A rotulagem de segurança veicular, incluindo a classificação em estrela do Latin NCAP, é a ferramenta mais eficiente para trazer carros mais seguros para a região antes dos regulamentos e como resultado de uma decisão voluntária dos fabricantes. Os programas NCAP em todo o mundo têm o apoio e o envolvimento total ou parcial dos governos locais; porém isso ainda não é o caso do Latin NCAP”.

Stephan Brodziak, Presidente do Conselho de Administração do Latin NCAP, disse:

"Comemoramos o fato de haver mais duas opções de veículos com classificação de cinco estrelas no Latin NCAP nos mercados da América Latina e do Caribe: o Toyota Corolla e o Volkswagen Novo Virtus. Isto constitui um exemplo para outros fabricantes da região que continuam a nos vender a segurança como um luxo, independentemente do impacto que ela tenha sobre a vida das pessoas, das famílias e da economia dos países de nossa região. Quanto ao Volkswagen Novo Polo, embora tenha obtido uma classificação de três estrelas, sendo um carro com alta penetração em nossos países, ele tem áreas de oportunidade para melhorar seu desempenho de segurança, particularmente em termos de airbags e tecnologias de assistência à condução, tais como frenagem autônoma de emergência. Para ajudar a melhorar a segurança de nossos carros, precisamos ter a rotulagem de veículos que mostrem as estrelas do Latin NCAP. O papel dos programas NCAP tem sido fundamental para melhorar a segurança veicular em diferentes mercados; é por isso que as Nações Unidas apoiam essas iniciativas. É hora de os governos da América Latina e do Caribe também reconhecerem o Latin NCAP como um catalisador para a proteção dos consumidores".

 

Toyota Corolla (7 airbags) 

O impacto frontal mostrou proteção marginal a boa para adultos. A estrutura foi estável e a área dos pés instável. O impacto lateral apresentou boa proteção e o impacto lateral de poste apresentou proteção marginal a boa. No teste de chicotada cervical (whiplash) a proteção foi marginal. No ocupante criança, o modelo apresentou proteção total nos testes dinâmicos e pontuação máxima na instalação de Sistemas de Retenção Infantil (SRI). Na proteção de pedestres o veículo apresentou níveis de proteção adequados e boa na maioria das áreas. A parte superior da perna e a parte inferior da perna receberem boa proteção. O Corolla oferece AEB Usuários Vulneráveis de Estradas (VRU) para o mercado latino-americano, mas como não atende aos requisitos de disponibilidade do Latin NCAP, não foi avaliado. O modelo oferece Aviso de Cinto de Segurança (SBR) padrão em todos os assentos. O veículo não oferece Limitador de velocidade padrão. O Corolla oferece Sistema de Suporte de Pistas (LSS) e Detecção de Borda de Estrada (RED), que apresentam desempenho aceitável de acordo com os requisitos do Latin NCAP. AEB Ciudad e Alta Velocidad apresentaram bom desempenho e atendem aos requisitos de disponibilidade do Latin NCAP. O ESC padrão apresentou bom desempenho e atingiu velocidade máxima de 90 km/h e 75 km/h nos testes ADAC e no teste de consumidores, respectivamente.

Leia o relatório completo

Assista ao vídeo dos testes

Faça o download das imagens dos testes

 

Volkswagen Novo Polo (4 airbags) 

No impacto frontal, o Novo Polo apresentou boa proteção para cabeça, tórax e pescoço do adulto. A estrutura e a área da área dos pés foram consideradas estáveis. O impacto lateral e o impacto lateral do poste apresentaram proteção adequada a boa. No teste de chicotada cervical (whiplash), a proteção foi boa. O ocupante criança apresentou proteção total nos testes dinâmicos, a instalação dos Sistemas de Retenção Infantil (SRI) apresentou nota baixa, pois o botão de desativação do airbag não é de série. A proteção do pedestre apresentou níveis de proteção marginais e boa na maioria das áreas. A parte superior da perna teve proteção marginal; e boa proteção para a parte inferior da perna. O veículo não possui AEB Usuários Vulneráveis de Estradas (VRU), altamente desejável e necessário para nossa região. O Novo Polo oferece Aviso de Cinto de Segurança (SBR) de série nas fileiras dianteira e traseira de assentos. O carro não oferece assistência de limite de velocidade padrão e nem mesmo oferece Frenagem Autônoma de Emergência (AEB), Detecção de Ponto Cego (BSD) e Sistema de Suporte de Pistas (LSS) como opções. O ESC padrão teve um bom desempenho e atingiu uma velocidade máxima de 95 km/h e 70 km/h nos testes ADAC e no teste de consumidores, respectivamente.

Leia o relatório completo

Assista ao vídeo dos testes

Faça o download das imagens dos testes

 

Volkswagen Novo Virtus (6 airbags)

No impacto frontal o Novo Virtus mostrou proteção adequada a boa para adultos. A estrutura e a área dos pés foram consideradas estáveis. O impacto lateral apresentou proteção adequada a boa e o impacto lateral de poste apresentou proteção marginal no tórax e boa nas demais regiões corporais. No teste de chicotada cervical (whiplash), a proteção foi boa. O Ocupante Criança apresentou proteção total nos testes dinâmicos e pontuação total na instalação de Sistemas de Retenção Infantil (SRI). A proteção do pedestre mostrou proteção de cabeça adequada a boa na maioria das áreas com algumas áreas de proteção pobre, proteção da perna boa e proteção da perna débil. O veículo oferece AEB para Usuários Vulneráveis ??da Estrada para alguns mercados latino-americanos, mas por não atender aos requisitos de instalação do Latin NCAP, uma maior disponibilidade dessa tecnologia aumentaria a proteção de pedestres. O carro oferece Aviso de Cinto de Segurança (SBR) padrão nas filas dianteira e traseira de assentos. O carro oferece assistência de limite de velocidade padrão. O Novo Virtus não oferece Sistema de Suporte de Pistas (LSS) e Detecção de Borda de Estrada (RED). AEB Ciudad e Alta Velocidad apresentaram bom desempenho e atendem aos requisitos de disponibilidade do Latin NCAP. O ESC padrão teve um bom desempenho e atingiu uma velocidade máxima de 95 km/h e 70 km/h nos testes ADAC e no teste de consumidores, respectivamente.

Leia o relatório completo

Assista ao vídeo dos testes

Faça o download das imagens dos testes

 


 

Acerca do Latin NCAP

O Programa de Avaliação de Carros Novos para a América Latina e o Caribe (Latin NCAP) foi lançado em 2010 para desenvolver um sistema regional independente de testes de colisão de veículos e de qualificação de segurança na região. O Latin NCAP replica programas de testes de consumidores similares desenvolvidos nos últimos trinta anos na América do Norte, na Europa, na Ásia e na Austrália, que demonstraram ser muito eficazes na melhora da segurança dos veículos. Desde 2010, o Latin NCAP vem publicado os resultados de mais de 150 veículos. www.latinncap.com/resultados

O Latin NCAP agradece o apoio recebido pelo Global New Car Assessment Programme (Global NCAP), pelo International Consumers Research and Testing (ICRT), pela FIA Foundation, pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pela Bloomberg Philanthropies Global Road Safety Initiative. O Latin NCAP é membro associado do Global NCAP e apoia o Decênio de Ação das Nações Unidas para a Segurança Viária e à iniciativa Stop the Crash.





Galeria de fotos

Galeria de vídeos